Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O sol até convidou a sair de casa, mas o frio lá fora não deixou margem para dúvidas. Este fim-de-semana foi tempo de sopas e... descanso!!

fotografia 1 (57).JPG

fotografia 2 (54).JPG

fotos by me

 Tempo: 35 a 45 minutos

Ingredientes:
1 cebola
2 dentes de alho
2 batatas médias
4 cenouras
cerca de 250/300 gramas abóbora
1 taça de sobremesa com ervilhas
sal, azeite, água e croutons q.b.

Modo de preparação:
Leve um tacho com azeite ao lume e deite a cebola às rodelas a refogar. Quando estiver translúcida, junte o alho, as batatas às rodelas, as cenouras em palitos e a abóbora aos cubos. Envolva tudo no azeite, tempere com sal e acrescente a água até cobrir os legumes. Quando estiverem cozidos, retire e triture tudo com a varinha mágica. (se acha que vai ficar muito líquida, ou se não tem a certeza da consistência, tire um pouco de água antes de triturar. Depois vai repondo a mesma água até que o creme fique ao seu gosto). Volte a colocar o creme ao lume, rectifique o sal e junte as ervilhas até ficarem cozidas. Sirva com croutons a seu gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Nunca tinha comido almôndegas de carne branca. Juntei o frango aos cogumelos, à cebola e ao alho e piquei tudo junto. Às vezes dá-me para isto. Inventar. Muitas vezes, aliás. Uns dias saio-me mal, outros bem. Desta feita, tive sorte, pois ficaram apetitosas e muito diferentes das tradicionais feitas com carne vermelha. Ousar é também uma palavra a usar na cozinha!

 

fotografia 2 (51).JPG

 foto by me

Tempo: 40 minutos

Ingredientes:

Para as almôndegas:
2 ou 3 bifes de frango

1/2 cebola

1 dente de alho

1 mão cheia de cogumelos frescos laminados
sal
pimenta
1 ovo batido
2 colheres de sopa de pão ralado

farinha q.b.

 

Para o molho de tomate:
1/2 cebola
1 dente de alho
1 tomate
2 ou 3 colheres de sopa de polpa de tomate
vinho branco e água q.b.
azeite, sal, pimenta, pimentão doce e alecrim, a gosto

Modo de preparação:
Pique o frango com a cebola, o alho e os cogumelos. Tempere com sal e pimenta, junte o ovo (aos poucos, talvez não seja preciso todo), o pão ralado e a farinha até que a mistura não se cole aos dedos. Faça bolinhas de carne com as mãos "sujas" de farinha e reserve. Leve ao lume uma frigideira (ou tacho, se preferir) com o fundo coberto de azeite e deite a cebola até ficar translúcida. Adicione o alho, o tomate, a polpa de tomate e o vinho e deixe ferver. Se necessitar, pode acrescentar um pouco de água, tempere com os condimentos em cima indicados e junte as almôndegas. Vá virando e retire quando verificar que estão cozinhadas. (uns dez minutos). Sirva com esparguete ou arroz e polvilhe as almôndegas com oregãos secos ou uma erva aromática fresca a seu gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Havia asas de peru para o jantar. Mas vou fazê-las como? Já sei. Guisadas com todos os legumes que me apetecer. Como a minha mãe diz, foi "tudo em cru quase ao mesmo tempo para o tacho" e uma hora depois saiu um belo repasto, daqueles a pedir pão para o molho.

 

fotografia 2 (49).JPG

foto by me

Tempo: cerca de 1 hora
Ingredientes:
2 asas de peru partidas ao meio
1 cenoura cortada aos palitos
1/4 couve lombardo
5 colheres sopa de ervilhas
1 cebola
1 tomate
2 dentes de alho
1 ou 2 batatas cortado em cubos
abóbora aos cubos q.b.
1 knorr de galinha
3 colheres de sopa de polpa de tomate
azeite, sal, pimenta, alecrim, pimentão doce, vinho branco e água q.b.

Modo de preparação:
Leve um tacho ao lume com o fundo coberto de azeite. Deite a cebola em rodelas, os alhos esmagados, o knorr, o tomate aos gomos, as asas de peru, as batatas, a cenoura e a abóbora. Mexa e tempere com o sal, a pimenta, o pimentão doce, o alecrim e regue com o vinho branco. Adicione a polpa de tomate, junte a água quase a cobrir os ingredientes e deixe ferver. Vá mexendo e quando a cenoura e a batata estiverem quase cozidas, junte as ervilhas e a couve, rectifique o sal e deixe ferver mais uns 12 minutos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um dia há-de aparecer aqui uma pizza homemade. Toda ela. Ainda não foi desta. Fazer a massa em casa ainda é para mim um bicho de sete cabeças. Não sei porquê. Mas um dia... um dia! E quem sabe não estará para breve! Há por aí receitinhas daquelas mesmo fáceis e que funcionam sempre de massa para pizza? Vocês inspirem-me que eu mando-me de cabeça!

 

fotografia 3 (40).JPG

foto by me

Tempo: 25 minutos

Ingredientes:

1 embalagem de massa para pizza

2 tomates pequenos

meia cebola

1 colher de sopa de polpa de tomate

azeite, alho em pó, sal e pimenta q.b.

queijo mozarella ralado 

oregãos 

cogumelos, azeitonas, presunto e rúcula, a gosto

 

Modo de preparação:

Comece por preparar o molho de tomate. Leve a panela ao lume com um pouco de azeite, o tomate cortado aos bocados, a cebola picada e a polpa de tomate.  Deixe ferver e tempere com o alho, sal e pimenta. Assim que o tomate estiver desfeito retire do lume e triture com a varinha mágica.

Estenda a massa da pizza e com uma concha deite um pouco do molho de tomate no centro e vá espalhando em círculos até cobrir a pizza (deixando a margem sem molho). Deite os oregãos, o queijo ralado, os cogumelos, as azeitonas, mais queijo e leve ao forno, pré-aquecido durante uns 15 minutos (conforme o forno). Retire e espalhe as fatias de presunto e a rúcula por cima. Se quiser pode regar com um fio de azeite.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vão ser precisos anos para conseguir fazer uma sopa que me saiba à minha mãe. Ou talvez uma vida. Ainda não consegui chegar lá próximo. E também acho que não quero conseguir. Há coisas que não valem a pena sequer tentar. São tão boas que só queremos mesmo é preservar. Mas esta ficou... uma rica sopa!

 

fotografia 1 (40).JPG

 foto by me

Tempo: 40 minutos

Ingredientes:

3 batatas médias
3 cenouras
metade de 1 cebola
metade de 1 alho francês
1/4 couve lombardo cortada em juliana 
1/2 cenoura às rodelas
1 chouriço de sangue
metade de 1 frasco de grão cozido
água, sal, azeite, hortelã q.b.

 

Modo de preparação:
Leve ao lume uma panela com água e uma pitada de sal. Deite as batatas, as cenouras, a cebola e o alho francês e deixe cozer. Depois de tudo cozido, tire do lume e passe com a varinha mágica. Regue com um fio generoso de azeite e volte a colocar ao lume. Adicione a couve, a cenoura e o chouriço e quando a cenoura estiver cozida junte o grão. Deixe ferver, rectifique o sal e termine com a hortelã.

Nota: Acho que foram muitas as sopas que deitei ao lixo por não atinar com a medida de água. Ora ficava muito líquida, ora muito grossa. Até que a minha mãe me ensinou um truque. Antes de passar com a varinha, tirar um pouco de água com uma concha para um tupperware. Depois da sopa passada ir adicionando de novo a água que retirou até o creme ficar a seu gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um pequeno-almoço (sobremesa ou lanche) saudável, nutritivo e muito, muito fácil! O sabor... nem vos digo, nem vos conto. Corram para a cozinha, experimentem e tenham um sábado super-apetitoso!

 

fotografia (10).JPG

foto by me

Tempo: 15 minutos

Ingredientes:

1 copo (médio) de leite 

1 banana

3 colheres de chá de mel (opcional)

1 colher de chá de canela

4 colheres de sopa de sementes de chia

lâminas de côco torrado, avelãs e chocolate ralado q.b.

 

Modo de preparação:

Triture a banana com o leite, o mel e a canela (com a varinha mágica ou robot de cozinha). Misture as sementes de chia, mexa e leve ao frigorífico umas 2 a 3 horas. (de preferência, faça de noite para comer no outro dia). Deite a mousse de chia num copo e termine polvilhando com as lâminas de côco (também pode ser ralado), as avelãs e o chocolate ralado.

Nota: A consistência da mousse é uma espécie de batido mais grosso. Se preferir ainda mais consistente, basta acrescenter mais chia. Deu para dois copos.

Nota 2: Os benefícios da chia são incalculáveis. Veja aqui!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sou uma novata nestas andanças. Como tal, para a minha estreia no Follow Friday escolhi...

 

o blog da querida Ana, do receitasfaceisrapidasesaborosas 

Sigam! Como o nome indica, ela faz comidinhas fáceis, rápidas e saborosas!! Vale mesmo a pena ficar com água na boca :-P

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este é daqueles pratos que acho que nunca comi na casa da minha mãe. Mas a minha avó tinha a mania das lentilhas. Sempre que ia a Espanha, lá vinha ela carregada. Dizia que as de lá é que eram "buenas". Confesso que não me lembro como é que as cozinhava, por isso fiz estas... à minha moda. E para primeira vez, não me saí nada mal!!

 

fotografia 1 (35).JPG

 foto by me 

Tempo: 35 minutos

Ingredientes:

200 gramas de lentilhas 
2 tomates
1 cebola
2 dentes de alho
1 cenoura
metade de uma courgette
cogumelos (frescos, 4/5 inteiros para laminar, ou meia lata dos enlatados)
metade de um alho francês

meio pimento
1 knorr de legumes
sal, pimenta, azeite, pimentão doce, polpa de tomate, vinho branco e coentros, a gosto

2 ou 3 colheres de caril e 1 de acafrão das índias

4 ovos para escalfar

 

Modo de preparação:

Deixe as lentilhas de molho em água fria de um dia para o outro. Leve uma panela ao lume com azeite, cebola e alho e deite depois os legumes cortadinhos, assim como os cogumelos laminados. Tempere com sal, pimenta, pimentão doce, polpa de tomatte, o knorr, caril, acafrão das índias e refresque com o vinho branco. Deite água a cobrir os legumes e deixe cozinhar uns 10/15 minutos ou até verficar que estão cozidos. Junte as lentilhas (e mais água se for necessário) e deixe mais uns 10 minutos. Verifique os temperos e abra os ovos para dentro do estufado. (Eu fiz os ovos escalfados à parte, em água com um pouco de vinagre, porque queria-os branquinhos. Confesso que prefiro o método tradicional de abriros ovos para dentro da panela). Sirva com pão e arroz branco (opcional). 

Deu para 4 doses.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ir ao Alentejo e regressar sem sair da cozinha e da sala de jantar. Comer uma carne de porco com muita massa de pimentão (exagero sempre porque adoro este tempero) e amêijoas que não são à bulhão, mas que sabem a pato. 

 

fotografia 1 (33).JPG

foto by me

Tempo: cerca de 40/45 minutos 

Ingredientes:

cerca de 300 gramas de rojões de porco (deu para duas doses)

2 dentes de alho 
sal, massa de pimentão, louro, vinho branco e pimenta, a gosto 
banha
250 gramas de amêijoas
sumo de meio limão 
coentros ou salsa
 
Modo de preparação:
Se preferir, corte a carne aos cubos mais pequeninos, tempere com o sal, barre com a massa de pimentão, junte os alhos esmagados, a pimenta, o louro e o vinho branco. Deixe marinar durante umas horas. Entretanto, se as amêijoas forem frescas ponha em água e sal durante umas duas horas para perderem a areia e lave-as depois muito bem em água corrente. Se forem congeladas, passe por água e estão prontas a usar. Quando chegar o momento de cozinhar, leve uma frigideira ao lume com um pouco de banha e deite os rojões sem o molho. Deixe durante uns 10/15 minutos ou até verificar que está frita. Deite a marinada, rectifique os temperos e passados mais uns 5 minutos deite as ameijôas até estas abrirem. Regue com o sumo do limão e desligue o lume. Salpique com os coentros picados (ou salsa) e sirva com batatas fritas em quadrados ou cozidas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



mais sobre mim

foto do autor



Instagram



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D